Café em cápsula: Herói da praticidade. Vilão da Sustentabilidade

Café em cápsula: Herói da praticidade. Vilão da Sustentabilidade

Pensadas, criadas e nascidas no século XXI, as cápsulas de café são as verdadeiras filhas da modernidade e representam um mercado cada vez maior (e ainda em expansão) no Brasil e no mundo. Mas, ao que parece, ainda falta ao produto uma característica muito importante e relevante nos dias de hoje: a sustentabilidade.

Estudos recentes mostram que o setor não se encarrega, como deveria, de providenciar o descarte e reciclagem adequados para esses resíduos, que, apesar de a indústria classificar as cápsulas como “recicláveis”, na prática, a reutilização do material é praticamente nula no Brasil atual.

 

 

Ainda que este material seja recolhido e enviado para o setor de reciclagem, seja ele público ou não, não existe órgão suficientemente capacitado para processar esse tipo de produto. Isso se deve a complexidade com a qual as cápsulas são produzidas, que, além da borra do café, têm em sua maior parte diferentes tipos de plástico, alumínio e papel. Portanto, o processo de reciclagem torna-se quase que impossível devido ao alto custo da separação desses materiais.

Se pensarmos em uma única cápsula, a princípio o problema não parece grande, afinal, é só um produto. Mas leve em consideração que esse mercado segue aumentando a cada ano, ou seja, quanto mais se vende, consequentemente mais se produz, e então, mais se consome. Agora imagine todas as cápsulas existentes no mundo. Algumas estimativas indicam que se colocássemos todas elas enfileiradas, seria possível dar 11 voltas ao redor do planeta.

Deu pra imaginar o tamanho do problema, né?

Fora do Brasil, no início de 2016, a cidade de Hamburgo, segunda maior em território alemão, resolveu tomar uma atitude radical, mas ambientalmente pensada, e baniu o uso das cápsulas em órgãos públicos para não agravar a situação.

Agora imagine a quantidade de cápsulas que são descartadas dentro das corporações brasileiras e pasme ao descobrir que o volume é monstruoso.

As principais empresas produtoras de cápsulas de café prometeram que até 2020 terão embalagens 100% recicláveis, pois é notável que o consumidor está cada vez mais preocupado, consciente e tornou-se um praticante assíduo da responsabilidade ambiental. Muitos voltaram seus olhos às cafeteiras tradicionais e ao famoso coador de pano/papel. Além disso, muitas empresas estão apostando nas máquinas que otimizam tempo e fazem um delicioso expresso.

Além dos problemas com a reciclagem, as cápsulas também criaram um longo processo de produção e distribuição, que consome muito mais recursos de processamento e transporte do que o pó ou grão tradicionais. O café verde, por exemplo, é exportado para a Europa através de navios e caminhões. Ao chegar na fábrica é torrado, moído e envasado em cápsulas, para depois voltar pelo mesmo caminho, consumindo novamente todo o transporte e, consequentemente, muito mais energia, queima de combustíveis e emissão de carbono. Como se isso, por si só, já não bastasse, na cápsula o café ocupa de 3 a 4 vezes mais espaço do que se estivesse em um pacote de café em grãos ou moído. Assim, o volume de transporte e armazenagem aumentam ainda mais: para cada 1 navio ou caminhão que vai à fabrica, são necessários 3, para trazer de volta as cápsulas produzidas em distâncias muito mais longas.

Para ficar mais claro, imagine que 1kg de café em grão ocupa o mesmo espaço que apenas 40 cápsulas, em 4 caixas com 10 unidades cada. 40 cápsulas fazem, obviamente, 40 doses de café. Já 1kg de grão produz 120 doses da bebida, ocupando o mesmo espaço. Matematicamente, gasta-se 3 vezes mais no transporte de cápsulas, do que no transporte do mesmo café em grão. Dessa forma, é possível entender o motivo pelo qual o preço das cápsulas é tão alto.

Não só as cápsulas, mas é necessário que haja uma diminuição drástica na produção de resíduos inorgânicos para que as próximas gerações tenham expectativas de vida maior em um mundo sustentável e ambientalmente harmônico.

 

Imagem retirada da internet

GOSTOU DA MATÉRIA? CURTA E COMPARTILHE:
Twitter
LinkedIn
Facebook
Google+
http://bari.amaquinadecafe.com.br/cafe-em-capsula-heroi-da-praticidade-vilao-da-sustentabilidade">
Pinterest
 
Tia do Café
Menu
Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial